Publicado em: quinta-feira, 03/05/2012

Dólar atinge maior valor desde 2009

Desde 2009 o dólar não chegava ao patamar que alcançou ontem. Seguindo a valorização do índice da bolsa de valores de São Paulo, o Ibovespa, que fechou em alta de 0,98% ontem, o dólar avançou e terminou o dia com alta de 0,94%, alcançando R$1,925. Essa é a maior cotação desde 2009. Durante o dia de ontem, o giro financeiro alcançou R$ 7,66 bilhões. A alta da bolsa de São Paulo foi motivada pela valorização das empresas petrolíferas e também pelas construtoras, como a MRV Engenharia, por exemplo, que subiu 5,05%, terminando a sessão cotada em R$ 11,65. Ontem algumas ações tiveram um número elevado de negociações. É o caso da Petrobras, da OGX Petroleo, da Vale PNA, do Itaú Unibanco, da Vale ON e do Bradesco.

Na Europa as bolsas fecharam o dia em queda

As principais Bolsas da Zona do Euro terminaram o dia em queda, com exceção de Paris. Em Londres, o índice FTSE-100 terminou a sessão com baixa de 0,93%, fechando em 5.758 pontos. O DAX, que representa a Bolsa de Frankfurt, teve uma desvalorização de 0,75%, terminando o dia em 6.710 pontos. Em Madri, o IBEX 35 foi o índice com maior queda, totalizando 2,55%. O IBEX fechou o dia em 6.831 pontos. O único índice que teve alta foi o de Paris, com aumento de 0,42%, encerrando a sessão em 3.226 pontos.

Em função do aumento da atividade de manufatura da Zona do Euro e dos Estados Unidos, o mercado europeu terminou o dia com ganhos significativos. Os dados do PMI (Purchasing Managers’ Index) indicaram que o mercado europeu demonstrou uma menor queda da atividade industrial. O mesmo ocorreu com a China. Já os níveis de desemprego fecharam em baixa, pois a União Europeia atingiu seu maior nível de desemprego desde 1997. O mês de março fechou com 10,9%, um aumento de 0,1% ante o mês anterior.