Publicado em: quarta-feira, 28/03/2012

Documentos, cartas e fotos de Mandela são disponibilizados na web

Nesta terça-feira (27), centenas de cartas, documentos e fotografias relacionadas com o ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, estão sendo disponibilizados on-line. A iniciativa faz parte de um projeto que tem como objetivo fazer crescer o número de acessos aos arquivos que contam a história do líder sul-africano na busca pela liberdade de seu povo.

Entre os arquivos disponíveis, estão cartas escritas pelo ex-presidente para sua família enquanto ele estava preso, diários escritos à mão (que foram digitalizados e colocados em um site) e um cartão de Mandela de membro da Igreja Metodista de aproximadamente 80 anos. O executivo-chefe da Fundação Nelson Mandela, Achmat Dangor, afirma que esta é uma forma de “tornar um legado muito procurado disponível para o mundo”.

Custo do projeto

A iniciativa foi feita pelo Centro de Memória Nelson Mandela e pelo Instituto Cultural Google, e teve um custo preliminar de US$ 3 milhões. É a primeira iniciativa do Google desta natureza, e a companhia afirma que o material será disponibilizado para todos os usuários do site e os detentores de direitos autorais continuam com seus direitos sobre os conteúdos digitais.

O gigante de buscas afirma que este projeto será como um “trampolim” para que o material de outras pessoas importantes para o mundo do século XX possam ser disponibilizados e conhecidos por todos. No entanto, o Google tem recebido muitas críticas por tentar utilizar o seu poder de tecnologia no bloqueio de conteúdos de empresas rivais.