Publicado em: quarta-feira, 14/12/2011

Documento de criação da Apple leiloado por 1,5 milhão de dólares

O documento que deu origem à empresa Apple, reconhecida mundialmente por seus produtos tecnológicos, foi leiloado na terça-feira (13) por mais de 1,5 milhão de dólares, de acordo com informações prestadas pela casa de leilões Sotheby’s. O contrato de três páginas foi assinado por Steve Jobs, Steve Wozniak e Ronald Wayne em 1º de abril de 1976 e o valor final pelo qual foi vendido é dez vezes maior do que o inicialmente previsto.

O leilão começou em U$70 mil e permitia que as pessoas fizessem ofertas pessoalmente, por telefone ou pela internet. No salão da casa de leilões, 20 pessoas estavam acompanhando a compra. O vencedor da oferta final foi o venezuelano Eduardo Cisneros, CEO da Cisneros Corp., empresa de comunicações multimídia do seu país. O primeiro a ser dono do documento foi Wayne, que também foi o primeiro a vender sua parte da empresa. Com 10% da Apple, Wayne decidiu vender sua parte 11 dias depois de ter assinado o contrato.

Depois desse momento, o documento foi vendido em meados da década de 90. Os papéis mostram que Jobs e Wozniak começaram com 45% da empresa cada um, sendo que os 10% restantes eram de Wayne. Um dos papéis mostra a compra da parte de Wayne por 800 dólares.

Ao mesmo tempo em que o documento mostra a valorização da empresa, o valor dos próprios papéis pode ter aumentado com a morte de Steve Jobs, que aconteceu em 4 de outubro deste ano. Jobs é considerado o visionário da empresa e o principal responsável pelo seu sucesso.