Publicado em: sexta-feira, 21/03/2014

Do morro do Borel a ídolo do funk ostentação, MC Nego Borel fatura até R$150 mil por mês

Do morro do Borel a ídolo do funk ostentação, MC Nego Borel fatura até R$150 mil por mêsNo auge do funk ostentação, muitos jovens se lançam no mercado afim de fazer sucesso com músicas que geralmente tratam de poder aquisitivo, mulheres, festas, bebidas, e com MC Nego Borel o sucesso chegou a porta da mesma forma. Em seu videoclipe ele dirige carros caros, usa roupas de marca, muitos acessórios de ouro e está sempre cercado de mulheres, o cantor tem 21 anos e sempre morou no morro do Borel, zona norte do Rio de Janeiro, seu grande diferencial entre os outros MC’s da sua idade é o fato de ele sempre carregar um smartphone Galaxy S4 no bolso para fazer vídeos engraçados, e com esses pequenos vídeos que começou a ser conhecido e caiu no gosto da galera. Ele conta aos risos que zoa todo mundo, e acha que um dia ainda pode levar um soco na cara por isso.

O MC na realidade leva na identidade o nome de Lenon Maycon Viana Gomes, e hoje, pode ser considerado um ídolo do funk ostentação, só o seu clipe da música “Os Caras do Momento” teve 28 milhões de visualizações, 10 milhões a mais do que o sucesso de Valesca Popozuda, “Beijinho no Ombro”. Diferente dos ídolos jovens de sua idade, ao invés de postar fotos relatando sua rotina no Instagram, ele prefere fazer os microvídeos fazendo brincadeiras com as pessoas e tirando sarro dos próprios amigos, seu humor e estilo chega a ser comparado com o do rapper Tyler The Creator e Nick Minaj, que seguem a mesma linha cômica. O Mc conta que não teme que o achem bobo, principalmente as mulheres. Continua fazendo os vídeos para ganhar o próprio dinheiro, depois pensa nelas. “Elas são consequência”, afirma.

O sonho se tornou realidade

Sua história no funk começou quando tinha apenas 10 anos de idade, nessa época brincava e sonhava com a carreira, já aos 16 anos, sabia que queria seguir e ser como sua maior inspiração hoje, o MC Menor da Chapa, ele diz que deixava de estudar para escrever música. Conta também que, a mãe o mandava trabalhar para fazer algo na vida, e ele pedia para ela ter calma, porque uma hora iria estourar e ganhar dinheiro. Atualmente, a agenda de Nego está sempre lotada, ele fatura em média, R$150mil por mês.