Publicado em: sexta-feira, 08/11/2013

Djokovic vence Del Potro e se classifica às semifinais do Torneio dos Campeões da ATP de Tênis

Djokovic vence Del Potro e se classifica às semifinais do Torneio dos Campeões da ATP de TênisNa última quinta-feira (7), o sérvio Novak Djokovic venceu o argentino Juan Martín Del Potro, em jogo válido pela segunda rodada do Torneio dos Campeões da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), por dois sets a um, com parciais de 6/3, 3/6 e 6/3, na Arena North Greenwich, em Londres, na Inglaterra. A partida teve duração de quase duas horas.

Com esse resultado, Djokovic garantiu matematicamente a classificação para as semifinais do Torneio dos Campeões da ATP, e é o líder do Grupo B da competição, com duas vitórias em dois confrontos. O suíço Roger Federer e Del Potro estão na vice-liderança da chave, enquanto Richard Gasquet é o lanterna.

O primeiro set estava equilibrado, com a confirmação dos serviços para ambos os lados. Apenas no sexto game, o tenista número dois do mundo conseguiu a quebra no sexto game, após quatro break points salvos pelo argentino. Depois disso, Nole não teve problemas para confirmar os serviços e fechou o set em 6 a 3.

Já no segundo set, a partida seguia equilibrada. No sexto game, o quinto colocado do ranking da ATP conseguiu a quebra, numa jogada em que a bola tocou na fita antes de cair ao lado de Djokovic. No último game, Del Potro sacou forte e não deu chances para o adversário, vitória por 6 a 3.

Por fim, no terceiro e último set, Djokovic controlou a pressão de Del Potro e conseguiu quebrar o serviço do oponente no sexto game. À frente do placar, Nole teve tranquilidade suficiente para se manter com a vantagem e fechar o jogo com uma deixadinha, mais uma vitória de 6 a 3 no set.

Djokovic cumpre tabela neste fim de semana pela última rodada da primeira fase

Pela terceira rodada da fase de grupos do Torneio dos Campeões da ATP, Novak Djokovic vai enfrentar o já eliminado Richard Gasquet neste sábado (9). No mesmo dia, Juan Martín Del Potro encara Roger Federer, em duelo que vale a classificação para as semifinais.