Publicado em: quinta-feira, 29/09/2011

Ditadores cubanos permitem a venda e compra de automóveis pela população

Há anos Cuba vive um regime ditatorial forte. A pressão é tanta que eles até possuem um embargo econômico que os impede de comercializar com os demais países. Porém, as coisas estão mudando para a população cubana. Uma das primeiras medidas tomadas nessa reforma é a autorização de venda e compra de carros pelos habitantes de Cuba.

Essa é uma das 300 reformas prometidas pelo ditador Raul Castro, em março, no último congresso do Partido Comunista. A autorização para venda e compra de veículos foi dada nessa quarta-feira, dia 28 de setembro. Com essa mudança, e as outras mais que virão na ilha dos irmãos Castro, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama afirmou estar disposto a retirar o embargo econômico.

Os habitantes de Cuba não podiam vender nem comprar carros novos há mais de 50 anos, desde a revolução, por isso há tantos carros antigos circulando nas ruas da ilha. Importar carros livremente não é possível, porém, quem for embora de Cuba pode vender legalmente o automóvel.

O presidente dos Estados Unidos ainda acha que essa medida é muito pouco para que mudanças efetivas aconteçam em Cuba. Em entrevista à jornalistas de língua espanhola, Barack Obama afirmou que é preciso ter uma nova maneira de relacionamento com Cuba. Porém, espera mais dos ditadores: liberdade de expressão, libertação dos prisioneiros políticos e garantias individuais.