Publicado em: quinta-feira, 08/12/2011

Distrito Federal está em situação de alerta por conta da dengue

O Ministério da Saúde informou nesta terça-feira (6), que o Distrito Federal possui 1,1% de suas residências com focos de reprodução do mosquito responsável pela transmissão da dengue. No ano passado, o índice era de 0,6%. Dessa forma, o Distrito Federal passa a fazer parte da lista de locais que estão em estado de alerta por ter altas chances de desenvolver uma nova epidemia de dengue no próximo ano.

Os dados fazem parte do Levantamento Rápido de Infestação por Aedes Aegypti (Liraa), elaborado pelo Ministério para avaliar os municípios que apresentam mais chances de desenvolver altos números de casos da doença.

O secretaria de Vigilância em Saúde do Distrito Federal, Jarbas Barbosa, comentou que os municípios que apresentam 4% de infestação são avaliados como locais de risco segundo os padrões de avaliação internacional.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, alertou os municípios que possuem altos índices apresentar uma epidemia, que devem ficar atentos a reprodução do mosquito. “Como as chuvas se intensificam em janeiro, fevereiro, mesmo quem está em alerta está suscetível a um surto e precisa ficar mais próximo da comunidade, orientar a população”, afirmou. Segundo ele, os municípios mais afetados são os da região Centro-Oeste, que possuem problemas de abastecimento de água, e por isso fazem a reserva de água em poços, tambores e caixas d’agua, locais de reprodução do mosquito.