Publicado em: segunda-feira, 26/12/2011

Diretora do FMI diz que crise apresenta perigo a economia mundial

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), disse neste domingo (25) que a crise que se intensifica em diversos países apresenta risco a economia mundial e alertou que os lideres da zona do euro estabeleçam uma união para reduzir o perigo.

Na ultima semana, a diretora esteve na Nigéria onde comentou que a expectativa de crescimento do FMI para 2012 d 4% deve ser revista e ainda pode apresentar queda, porém, não indicou de quanto. “A economia mundial está numa situação perigosa”, alertou durante uma entrevista concedida a um jornal francês.

Christine ainda comentou que a crise que entra em 2012 deve continua a preocupar mesmo depois da última reunião dos líderes europeus. “É uma crise de confiança na dívida pública e na solidez do sistema financeiro”, explicou.

Na Europa, os principais líderes buscam um novo acordo para conseguir integrar mais as economias da zona do euro, porém, até agora, não foi possível encontrar uma medida para conter os avanços da crise, que teve inicio em 2009 e já ameaça outros países, como a Alemanha e a Franca. “A cúpula de 9 de dezembro não alcançou termos financeiros detalhados o suficiente e foi muito complicada nos princípios fundamentais”, disse Christine.

“Seria bom se os europeus falassem como uma só voz e anunciassem um cronograma simples e detalhado”, avaliou. “Os investidores estão esperando. Grandes princípios não impressionam”, afirmou a diretora do FMI.