Publicado em: quarta-feira, 08/05/2013

Diretor de Sangue Bom deixa novela após agredir sua assistente e amante

Diretor de Sangue Bom deixa novela após agredir sua assistente e amanteEstreou semana passada a nova novela das sete da Rede Globo, Sangue Bom. Agradando muito os telespectadores, a trama está decolando em audiência e ultrapassando disparado o índice de audiência da novela posterior, Guerra dos Sexos. Mas o que o público nem imagina é que a maior confusão de instaurou nos bastidores semana passada. Um dos diretores, Carlos Araújo, teve que pedir afastamento de sua produção por receber a notificação de que foi acusado por ter agredido fisicamente uma das assistentes de direção da novela, que também é sua amante, Joana Antonaccio.

O boletim de ocorrência está sob sigilo na Delegacia de Atendimento à Mulher, localizada no centro do Rio de Janeiro. Na declaração, Joana informou á polícia que era amante de Carlos há mais de seis meses e prestou queixa no dia 27, dizendo que ele a agrediu e que também cometeu injúria. A diretora informou que seu amante lhe deu um soco na boca quando ela saia em seu automóvel e que a teria xingado de “piranha” depois de uma breve discussão. Dessa forma, Joana foi encaminhada ao Instituto médico-legal, o IML, fazendo um exame de corpo de delito, como é de costume nestes casos, e foi confirmada a agressão. O registro que foi feito na ocorrência revelou que Joana não contou que trabalhava na Rede Globo e apenas afirmou que o diretor seria casado. Os policiais informaram que a motivação da briga pode ter sido o desejo do diretor terminar tal relação extraconjugal. Desde o registro do boletim, a polícia está a procura de Carlos Araújo o procurando em todos os seus telefones e seus endereços, mas ele não foi encontrado e também não respondeu ás chamadas telefônicas. A Rede Globo declarou que o diretor teria pedido licença para que pudesse cuidar de alguns problemas pessoais, pedido que foi concedido pela emissora.