Publicado em: quarta-feira, 21/12/2011

Diretor de “Avatar” enfrenta processo por plágio

O diretor James Cameron pode ter que pagar mais de US$ 2,5 milhões de indenização depois de ser acusado de plágio no filme “Avatar”. O autor de filmes de ficção científica, Bryan Moore, que tem em seu currículo, longas como “Descendants: The Pollination” e “Aquatica”, afirma que “Avatar” se baseou em um de seus roteiros.

Moore afirma que a as conexões espirituais entre os seres e a natureza, e as plantas bioluminescentes são algumas características semelhantes entre seus roteiros e o filme. Ele afirma que também aborta o tema da reencarnação, fala sobre pele azul, florestas muito grandes e extensas e a fumaça usada em cena.

Os estúdios 20th Century Fox também vão responder pelo processo e podem ter que pagar indenização. Porém Eric Ryder relata que quando trabalhou com James Cameron, em 2007, escreveu episódios sobre a colonização de um planeta distante no espaço.