Publicado em: segunda-feira, 12/12/2011

Diretor da TAM afirma que faltam pilotos no Brasil

Na avaliação da TAM, a falta de pilotos no Brasil será ainda mais marcante em 2012. A companhia precisa contratar 120 pilotos e copilotos para o próximo ano. Este número representa metade dos profissionais admitidos em 2011. Mas, “falta piloto no Brasil”, afirmou o comandante Leonard Grant, diretor de operações e treinamento da TAM.

A dificuldade está na diferença entre o ritmo de formação de profissionais e a velocidade de crescimento no mercado de aviação brasileira. Mesmo que tenha desacelerado nos últimos meses, o acumulado do ano registrou aumento de 17,5% em passageiros por quilômetros pago (RPK).

Segundo Grant, o problema é que “o país não está olhando para a formação de pilotos”. A diretora de recursos humanos da TAM, Carolina Duque, afirma que 2011 já foi um ano mais difícil para contratação de novos profissionais. “ A TAM é uma marca forte, tem bastante atividade, e mesmo assim nesse ano não conseguimos contratar com tanta rapidez como em 2012”, explicou.

A expectativa para 2012 é ainda mais preocupante. “Ano que vem vai ser ano de dificuldade”, revela Carolina. A TAM precisa contratar pilotos para repor funcionários e dar conta da necessidade de novas aeronaves que irão entrar em operação. A empresa deve encerrar 2012 com 159 aeronaves.