Publicado em: domingo, 26/05/2013

Diretor da Playboy nega valor do cachê de Nanda Costa

Diretor da Playboy nega valor do cachê de Nanda Costa A suposta participação de Nanda Costa na capa da revista masculina “Playboy” em sua edição de aniversário está rendendo.

Em entrevista na manhã da última sexta-feira (24), o atual diretor da revista, Thales Guaracy, afirmou que o valor do cachê divulgado, R$ 3 milhões, nunca foi fechado, nem com Nanda Costa, nem com qualquer outra celebridade que posou para as páginas da revista masculina.

O diretor alegou que não pode falar muito sobre o assunto por questões contratuais, mas o que ele pode relatar é que essa transação não existe. Thales explicou que ele não estava se referindo à uma negociação com Nanda Costa ou qualquer coisa que ela ou seus empresários possam ter dito para a imprensa. Para não gerar confusão, ele tentou deixar bem claro que, genericamente, não há transações da “Playboy” com este valor tão alto.

O diretor falou que não acredita que Nanda Costa tenha dito algo sobre esse valor da negociação para o site do jornal “O Dia”, e reforçou que a internet é um mar de erros e especulações. Thales Guaracy concluiu a entrevista sem confirmar realmente se a atriz será a capa do mês de agosto da publicação, mês de aniversário da revista.

Toda a confusão começou no início desta semana depois que o colunista Léo Dias, publicou em sua coluna no jornal “O Dia” que o valor exorbitante teria sido confirmado pela própria intérprete de Morena, em “Salve Jorge”.

A atriz teria dito que não fecharia um acordo para posar sem roupa por um valor inferior à R$ 3 milhões.
Esse cachê é três vezes superior ao de Cleo Pires, que foi a capa da revista em 2010. A publicação com a filha de Fábio Junior e Glória Pires foi uma das revistas mais vendidas da década, segundo a própria “Playboy”.