Publicado em: segunda-feira, 26/03/2012

Dilma vai a Índia para reunião entre representantes de países emergentes

A presidente Dilma Rousseff embarcou ontem para a Índia. Seu destino é Nova Déli onde participará de mais uma reunião dos Brics. Esse é o quarto evento do bloco e está previsto para acontecer no próximo dia 29. A reunião pretende discutir as políticas dos países emergentes: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Além de Dilma, também viajaram outros políticos. A comitiva conta com aproximadamente 60 pessoas. Empresários e ministros também farão parte do evento. Entre os temas que devem ser centrais nas discussões estão os econômicos e financeiros. Além desses, também terá espaço nas reuniões as políticas de segurança, o desenvolvimento sustentável e a redução da pobreza.

O evento também vai contar com a presença de outros políticos. Além da presidente brasileira, estão sendo esperados os presidentes da Rússia, Dmitri Medvedev, da China, Hu Jintao e da África do Sul, Jacó. Além deles estará presente o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh. O objetivo da conversa é discutir algumas questões pertinentes para o momento de incerteza vivida internacionalmente e causada pela crise econômica que está tendo sérios impactos nos países Europeus e nos Estados Unidos. Além disso, pretende-se decidir sobre a consolidação dos Brics em referência mundial tanto no cenário político quanto econômico. A proposta é de estender as relações comerciais e incentivar a exportação de produtos.

Empresários querem mostrar potência da indústria Brasileira

Junto com os políticos, também foram os empresários brasileiros. O objetivo é mostrar que o país não exporta apenas produtos agrícolas, mas tem uma extensa produção em outros setores, tais como de tecnologia. Eles participarão também do Fórum Empresarial que deve reunir todos os países que fazem parte dos Brics. Para finalizar o encontro, os lideres assinarão as propostas de ampliação de acordos. No Brasil, a instituição responsável será o BNDES.