Publicado em: quarta-feira, 19/02/2014

Dilma seria reeleita se as eleições fossem hoje

Dilma seria reeleita em eleições atuaisDilma tem muito a comemorar, de acordo com a pesquisa realizada encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e divulgada na manhã desta terça-feira (18), a presidente aparece em primeiro lugar com as intenções de voto (43,5%), e se as eleições fossem hoje, seria reeleita com um folga.

Em segundo lugar aparece o senador Aécio Neves (PSDB-MG) com 17%, no cenário em que concorre com Dilma Rousseff e o ex- governador pernambucano, Eduardo Campos (PSB). Em novembro do ano passado e com o mesmo cenário, o senador mineiro estava com 19,3%.

Em comparação com o levantamento anterior, Campos registrava 9,5% subindo apara 9,9%. O órgão ouviu 2002 eleitores entre os dias 9 e 14 de fevereiro em mais de 135 municípios de 24 unidades da federação, tendo a margem de erro de pontos percentuais.

Como candidata no lugar de Eduardo Campos, a ex-senadora Marina Silva (PSB) aparece em segundo lugar, com 20,6% e Dilma com 40,7%. Aécio cai para terceira colocação com 15,1%. Vale lembrar que o mesmo levantamento realizado em 2013, Marina registrava 22,6% e Dilma 40,6%, já o senador Aécio 16,5%;

Esta é a segunda pesquisa realizada desde que Marina Silva se filiou ao PSB e a queda da ex-ministra do Meio Ambiente nas pesquisas é um reflexo de alguns eleitores de não ter aceitado a filiação de Marina após ter o registro de seu partido, o Rede Sustentabilidade, negado pelo Supremo Tribunal Eleitoral.

Na pesquisa anterior, Dilma seria reeleita apenas em um cenário sem Marina Silva, os dados atuais indicam que mesmo com a pesebista entre as candidatadas, a presidente conseguiria mais quatros anos no Palácio da Alvorada.

Rousseff registrou 21,3% na pesquisa espontânea, na qual o eleitor responde em quem votará sem o entrevistador apresentar um nome de candidato, seguido do ex-presidente Lula (5,6%) e Aécio (5,6%).