Publicado em: terça-feira, 11/03/2014

Dilma se reúne com líderes do PMDB para pôr fim à crise

Dilma se reúne com líderes do PMDB para pôr fim à criseA tensão entre o PT e PMDB continua, um dia após se reunir com o vice-presidente Michel Temer, a presidente Dilma Rousseff tentará por fim à crise conversando com outros líderes do PMDB. Na manhã desta segunda-feira (10), houve uma conversa com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB/AL).

A conversa com os líderes começou às 9h40 e teve como objetivo deixar para trás as divergências entre as duas legendas. No período da tarde, a presidente se reunirá com o presidente Câmera, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Durante a reunião com Renan Calheiros, participaram também o líder do governo no Senado Eduardo Braga (PMDB-AM), o vice-presidente Michel Temer, e os ministros Aloizio Mercadante e Ideli Salvatti.

Na segunda reunião do dia, a presidente deverá debater as alianças nos estados, assunto que segundo as lideranças do PMDB, não vem sendo debatido como deveria pelo governo. Dentre os estados com as maiores divergências entre as alianças, Paraná, Ceará e Rio de Janeiro apresentam os impasses de maior destaque.

Dilma pretende com a reunião, saber quais são as reivindicações do Senado e estabelecer algumas diretrizes para que o PMDB continue apoiando o governo nos próximos anos.

O presidente do partido na Câmara, Eduardo Cunha, tem pressionado o Governo Federal para que a legenda tenha mais direitos no Executivo, enquanto isso, tem feito de tudo para barrar as votação de projetos, como por exemplo, o Marco Civil da Internet.

A crise se intensificou quando Cunha escreveu em sua conta no Twitter de que o PMDB deve repensar a aliança com os petistas. Após o comentário do deputado, o governo tem realizado as reuniões e o excluído dos encontros, algo questionado até mesmo por governistas. De acordo com Eduardo Cunha, a insatisfação dos peemedebistas tem crescido a cada dia e o descaso do governo federal com a legenda fez com que a crise entre os dois se intensificasse.