Publicado em: terça-feira, 16/10/2012

Dilma reafirma que Temer será vice em 2016 apesar de Paes sugerir Cabral

Dilma reafirma que Temer será vice em 2016 apesar de Paes sugerir CabralNesta terça-feira (16) a presidente Dilma reforçou que tem uma aliança com o vice-presidente Michel Temer do PMDB, após o prefeito reeleito do Rio, Eduardo Paes sugerir que o governador fluminense Sérgio Cabral do PMDB, poderia ser uma eventual mudança na chapa de Dilma na disputa pela reeleição no ano de 2014.

Temer está licenciado do PMDB, e diminui a polêmica, dizendo que estaa questão já foi resolvida. Segundo o vice, a conversa entre ele e a presidente no Palácio do Planalto nesta terça-feira, foi sobre o segundo turno das eleições nos municípios brasileiros.

Porém, Temer afirmou que a presidente buscou reforçar a aliança que os dois tem até o final do mandato. Ele disse que foi feita apenas uma análise do geral, e que eles buscar realizar um bom governo. O vice-presidente falou que a presidente disse que eles têm que participar cada vez mais do governo, para que seja realizada uma boa gestão nesses dois anos para que sejam bem avaliados pela opinião pública.

O vice-presidente negou que a reunião tenha sido motivada como uma forma de desagravo para Temer, mas não há também informações de que a presidente buscou sinalizar por um apoio sobre o possível surgimento de Cabral como candidato a ser vice no ano de 2014.

Ele disse que a presidente afirma sempre que estão juntos, que eles irão realizar a campanha em conjunto. Ele ainda falou que não sabe, porque isso ocorreu hoje, exatamente no dia por causa disso, mas ele não acredita que ela tenha sido motivada por causa disso.

Cabral assumiria a vice-presidência

O vice-governador fluminense, Luiz Fernando Pezão, também disse que Cabral seria um ótimo vice-presidente para Dilma.

Sobre esse possível lançamento em uma chapa com Dilma, o governador Sérgio Cabral disse, pelo seu Twitter, que ficou feliz por ter sido lembrado, mas reforçou que apoia Michel Temer.