Publicado em: sexta-feira, 13/07/2012

Dilma diz que vai aumentar número de escolas com ensino integral

Ontem, diante de crianças e adolescentes, a presidente Dilma, anunciou que o governo pretende investir para aumentar a quantidade de escolas públicas com ensino integral em todo o país. Segundo a presidente hoje são 33 mil escolas que oferecem ensino integra, mas a estimativa do governo é que até 2014 seja possível aumentar para 60 mil. Segundo Dilma, o Brasil precisa de ensino integral não apenas para que as crianças não fiquem nas ruas, mas também para garantir um ensino de melhor qualidade, com padrão de primeiro mundo. Segundo ela, as experiências dos países desenvolvidos mostram que as crianças têm escola em tempo integral. Esse assunto esteve presente em seu discurso durante a abertura da 9ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. Dilma destacou, durante sua fala, a importância que o segundo turno tem para reforçar as disciplinas em que os alunos possuem dificuldade. Ela salientou ainda que o Brasil só será desenvolvido quanto as crianças estiverem nas escolas e com acesso à educação com qualidade, pois só assim seremos também uma grande econômica mundial.

Uma nação não deve ser medida somente por riquezas econômicas, diz Dilma

Segundo a presidente, uma nação não deve ser avaliada somente pelas riquezas econômicas, mas também pelo que é feito pelas crianças e adolescentes. Dilma disse que não se deve usar somente o PIB para medir um país, mas também os investimentos em educação. A Conferência Nacional dos Direitos da Criança está ocorrendo pela nona vez e começou na quarta-feira e termina amanhã, dia 14. No encontro serão discutidos planos de políticas públicas para os próximos 10 anos que tenham por objetivo zelar pela proteção dos menores e adolescentes, principalmente daqueles que estão nas ruas e em abrigos.