Publicado em: segunda-feira, 03/10/2011

Dilma diz que quer abaixar taxa de juros em 9% em 2012

A presidente Dilma Rousseff tem mais um perspectivas otimista para o país no próximo ano. Mesmo com a nova crise internacional, a intenção é que a taxa básicas de juro, a Selic, reduza pelo menos 9% no próximo mesmo. As novas medidas econômicas devem ser feitas com cautela, segundo ela, para não fazer com queque a inflação aumente e faça com que os consumidores da nova classe média parem de gastar.

A nova estratégia deve considerar o risco dos preços dos produtos continuarem altos, já que a inflação continua acima da meta que o governo tem como desejada, que pode fazer com que o poder de compra dos brasileiros diminua.

O novo plano deve prever uma queda de 3% da Selic, que atualmente está fixada no patamar de 12%. O governo avalia que a redução dos juros pode ser possível, uma vez que com a crise, os preços acabam sendo reduzis. A nova ordem seria cortas as taxas de juro porém observando sempre o ritmo de consumo das sociedade.

O planalto avalia que existe uma “marga de manobra” que pode fazer com que a Selic se reduza sozinha em 2012, já que o banco Central tem cortado os juros de forma graduação. “Estamos tomando todo o cuidado para que o excesso de remédio não prejudique o paciente”, admitiu. o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho. ”

“O governo vai zelar para que aqueles que ascenderam a um nível de consumo maior não percam isso de jeito nenhum”, garantiu Carvalho.