Publicado em: sábado, 03/03/2012

Dilma discutirá crise econômica com Angela Merkel

A presidenta Dilma Rousseff viaja hoje (3) para Hannover, onde deve participar da abertura da CeBIT, a maior feira de tecnologia da informação do mundo. Dilma foi convidada pela chanceler da Alemanha, Angela Merkel. Segundo Marco Aurélio Garcia, assessor especial da Presidência para Assuntos Internacionais, a presidente vai aproveitar o encontro para abordar a crise econômica e também para criticar a estratégia dos países desenvolvidos de repassar dinheiro para superar as dificuldades.

Segundo Marco Aurélio, a presidente já vem falando sobre o tsunami monetário e com esse empréstimo de três bilhões feito aos bancos, pretende-se saber qual o destino desse dinheiro. A grande questão é que o dinheiro, ao invés de ser investido na Europa passa a ser jogado em países como o Brasil e demais países emergentes, causando problemas internos na economia. Segundo o assessor, o maior problema que é isso pressiona a moeda local tira a competitividade da indústria.

De acordo com Marco Aurélio, na reunião G-20 no fim do ano passado, Dilma já havia discutido sobre a crise econômica com a chanceler. O governo brasileiro discorda da estratégia que tem sido adotada pelos países desenvolvidos para superar a crise. Foram liberados US$ 4,7 trilhões sem que este dinheiro estivesse relacionado a alguma atividade produtiva. A presidente pretende chegar à reunião dos Brics, que será em Nova Déli e deve acontecer no final de março, com uma posição sobre a crise e os caminhos que vem sendo adotados para solucioná-la.

O objetivo de discutir agora com Merkel é ter uma percepção mais clara de como está evoluindo a crise e o que os países desenvolvidos estão fazendo. Para Marco Aurélio não é com essa quantidade de dinheiro colocada no mercado que a crise será resolvida, pois os bancos usam esse dinheiro, na maioria das vezes, para fins especulativos. O governo brasileiro espera que a economia norte-americana e européia melhore, mas é preciso observar como isso está sendo feito.