Publicado em: terça-feira, 24/01/2012

Dilma defende Enem durante cerimônia

Nesta segunda-feira (23), o Ministério da Educação comemorou a milionésima bolsa de estudos oferecidas através do Programa Universidade para Todos (Prouni). A cerimônia contou com a presenta do ministro da Educação, Fernando Haddad, e também da presidente Dilma Rousseff. Ela aproveitou o ultimo dia de ministro no cargo e comentou a atuação da pasta e defendeu o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que desde 2009 vem passando por falhas.

Considero também que é muito importante aqui fazer a defesa do Enem como a forma mais democrática de acesso ao jovem brasileiro ao ensino universitário”, argumentou a presidente.

Nesta terça-feira (24), Haddad deixa o ministério para concorrer à prefeitura da cidade de São Paulo, nas eleições municipais de 2012. Ele comparou as criticas ao Enem com as que o Prouni sofreu em 2004, quando foi lançado, falando que “apanha todo dia da imprensa”. “Em 2004, não vi um único artigo defendendo o ProUni nos jornais. Guardadas as proporções, parece o Enem hoje: apanha todo dia”, disse.

Na sexta-feira (20), O Ministério da Educação informou que a primeira edição do Enem em 2012, aplicada em abril, está cancelada e que neste ano acontecerá uma única edição, em novembro. “Nenhum vestibular vive a pressão e o ‘estressamento’ do processo como o Enem vive, inclusive do ponto de vista jurídico”, disse.

O Ministério da Educação será passado ao atual ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante.