Publicado em: sábado, 22/02/2014

Dilma convida Papa para a Copa do Mundo

Dilma convida Papa para a Copa do MundoDilma está na Itália para participar da cerimônia que o arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta se tornará cardeal. A presidenta aproveitou a visita ao país e foi recebida nesta sexta-feira (20), pelo Papa Francisco, ela chegou a convidá-lo para a Copa do Mundo que acontecerá no Brasil. O pontífice torce para o clube argentino San Lorenzo, e declara que ama futebol, mesmo depois de ter formalizado o convite, a chefe do executivo, informou que talvez ele não possa participar por conta da agenda. Dilma em meio a conversa, recordou um episódio que aconteceu na Copa de 1986, quando o ex-jogador argentino e famoso Maradona, fez um gol que desclassificou a Inglaterra, na época ele alegou que só conseguiu pela ‘mão de Deus’, palavras que ficaram famosas, em espanhol ‘La mano de Dios’, então, Dilma afirmou que a única coisa que ela pede, é que a neutralidade fosse mantida pela mão do santo e padre e assim a mão de Deus não empurrasse a bola de ninguém.

Presentes

A presidente também levou algumas lembranças brasileiras ao Papa, durante o encontro ela deu a ele uma bola autografada pelo ex-atacante conhecido como Ronaldo Fênomeno, uma camisa da seleção com uma dedicatória de Pelé, e uma coleção de livros que contam a histórias dos jesuítas no Brasil. Ela desembarcou na manhã de ontem para Roma, e no sábado (22), irá acontecer a cerimonia ao qual os cardeais são oficializados. De acordo com o diplomata Carlos Antônio Paranhos, este encontro entre Dilma e o Papa Francisco foi fundamental para uma ‘intensificação do diálogo’, ele ainda justifica que, o Papa constitui hoje, uma voz que é cada vez mais atuante na inclusão dos temas discutidos no Brasil, como a inclusão social, combate contra a pobreza e a luta contra a discriminação.

Ainda no domingo (23), o Papa irá realizar uma missa, na qual Dilma estará presente.