Publicado em: terça-feira, 24/01/2012

Dilma afirma que Enem contará com duas edições em 2013

A presidente Dilma Rousseff afirmou segunda (23) que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) contará com duas edições no próximo ano, 2013. Ela defendeu a organização do processo seletivo, mas afirmou que pode “melhorar anda mais”. O MEC iria realizar duas edições ainda este ano, mas cancelou a edição de abril na última sexta-feira (20).

A prova agora acontecerá apenas em novembro. Mas no evento que comemorou a marca de um milhão de bolsas de estudo concedidas pelo ProUni a presidente afirmou: “Tem de lutar por isso. Nós melhoramos, vamos melhorar ainda mais e vamos ter depois, no ano que vem, duas edições, isso em concordância com o ministro, até por sugestão do ministro”, ela respondeu quanto a realização de duas edições.

Além disso, a presidente também defendei melhorias no ProUni. Ela taxou o sistema tradicional de seleção (vestibular) de “antigo e antiquado”. “O ProUni também teve de ter suas adaptações, suas melhorias. É assim que se faz programa de governo, é com muita humildade. […] Nós somos humanos. Quando tem erro, a gente tende a aprimorar. Ninguém está dizendo que nada é perfeito”.

Minutos antes, o ministro da Educação, Fernando Haddad, também havia defendido a aplicação do exame, afirmando que “guardadas as devidas proporções, [o ProUni] era que nem o Enem hoje: apanha todo santo dia”.