Publicado em: segunda-feira, 16/01/2012

Dicas para economizar lista de material escolar

Começo de ano para pais e responsáveis por crianças e adolescentes significa uma coisa: comprar a lista de material escolar. Em uma pesquisa realiza na cidade de São Paulo, o preço do mesmo produto pode ter variação de até 127%. Os órgãos de defesa ao consumidor estipularam algumas dicas para que a pessoa consiga economizar.

A principal dica do Procon é a pesquisa. É muito importante que todos os itens sejam pesquisados em diferentes pontos de venda, como papelarias, lojas de departamentos, lojas eletrônicas e depósito. Além disso, a diferença pode estar presente no mesmo bairro.

Outra dica importante para não gastar demais é reaproveitar alguns materiais da lista do ano anterior ou que são encontrados em casa. Tesouras, estojos, réguas, jogo de esquadros, apontadores, caixas de lápis de cor são gastos que podem ser reduzidos se estiverem em boas condições para continuarem a serem utilizados.

Os país ainda podem aproveitar para fazer a troca do material didático. Muitas vezes livros de leitura ou gramática podem ser repassados para estudantes, já que apresentam pouco uso. Os país ainda posem se reunir para realizar compras coletivas. Diversas lojas oferecem descontos especiais para as compras feitas em maior quantidade.

Negociar os preços junto as papelarias e livrarias também é uma boa dica para economizar. Escolha a forma de pagamento que se encaixa com a sua condição financeira. Preferencialmente, pague a vista ou parcele sem juros. Os juros são inimigos. Além disso, negocie a compra com os filhos. Produtos com personagens, marcas licenciadas são mais caras e apresentam gastos desnecessários que somados chegam a um alto valor no final da conta.