Publicado em: sexta-feira, 16/09/2011

Diagnóstico de câncer de mama cresceu 160% nos últimos 30 anos

Graças aos exames mais avançados e a conscientização das mulheres, o índice de diagnósticos dos casos de câncer de mama cresceu 160% de 1980 à 2010. Já os casos do câncer cervical, subiam 20%. O aumento aconteceu principalmente nos países em desenvolvimento.

Em 1980, era diagnosticados por ano cerca de 640 mil casos de câncer de mama, sendo que 65% deles aconteciam nos países ricos. Já em 2010, foram notificadas 1,6 milhões de mulheres sobre a doença, sendo 51% nos países em desenvolvimento. Já o câncer cervical subiu de 378 mil casos por ano para 454 mil casos.

O câncer de mama foi responsável pela morte de 425 mil mulheres no ano passado, sendo que 68 mil estavam na faixa etária entre 15 a 49 anos. Já os obtidos causados pelo câncer cervical diminuíram. Em 2010, foram registrados 200 mil casos, com 46 mil mulheres entre 15 e 16 anos nos países menos desenvolvidos.

O número de casos pode ser explicado devido a consciência das mulheres em realizarem exames de forma rotineira e também pelo maior envelhecimento da população. O estado foi feito pelo Institute for Health Metrics and Evaluation da Universidade de Washington, na cidade de Seattle.