Publicado em: terça-feira, 12/06/2012

Dia dos Namorados – Confira dicas de presentes e quanto gastar

O Dia dos Namorados é uma data especial para todos os pombinhos, que se trocam presentes e comemorações especiais. Por consequência, também é uma data que estimula o comércio, que trabalha arduamente para oferecer as melhores opções em presentes.

Só que, em 2012, os presentes e programas a dois ficaram mais caros em comparação ao ano anterior. Um levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) concluiu que estes produtos e serviços específicos subiram, em média, 6,04% em um ano.

Apesar de ser um peso a mais no orçamento dos consumidores, o presente do dia dos namorados não passa em branco para a maioria dos casais, que quando não podem investir num presente mais caro substituem-no por algo de menor valor. De acordo com os casais, o que importa é ter uma lembrança da data.

Acima da inflação

O resultado mostra que o preço subiu quase um ponto percentual acima da inflação medida pelo IPC, que é o Índice de Preços ao Consumidor – sempre usado como base para a pesquisa. Este índice subiu, no mesmo período, 5,06%.

Gastos

Entre os serviços que sofreram o maior aumento durante o período analisado foram os gastos com hotéis, motéis e teatros, que apresentaram um aumento de 12,69% e 13,41% respectivamente. Cinemas e shows também apresentaram um aumento, subindo respectivamente 7,86% e 4,14%.

Produtos também sofreram aumento nos preços, como perfumes, que segundo a pesquisa subiram 2,93%, cintos e bolsas que subiram 3,61% calçados (em torno de 4%), roupas (em torno de 7%) e relógios e bijuterias, que subiram 2,7%.

Além dos presentes, muitos casais investem no jantar romântico como uma boa alternativa para comemorar a data especial. Mas os restaurantes também ficaram mais caros: os que oferecem refeições à La carte para duas pessoas tiveram uma alta de, aproximadamente 6,5% em um ano.