Publicado em: quarta-feira, 04/04/2012

Dez pessoas são presas na França em ação contra o terrorismo

Nesta quarta-feira (4), a polícia da França prendeu dez pessoas em uma ação contra o terrorismo. As informações foram dadas por fontes policiais para a EFE, que afirmam que a nova operação aconteceu em diversos pontos do país. Os suspeitos teriam feito participação em treinamentos fundamentalistas no Afeganistão e no Paquistão. Se ainda não tinham feito o treinamento, disse a emissora France Info, estariam dispostos a fazer.

As prisões ocorreram em Roubaix, Marselha, Carpentras, Trappes, Pau e Valence. A ação, feita com a supervisão da Promotoria Antiterrorismo de Paris, começou às 6h (1h no horário de Brasília). As pessoas faziam consultas a portais fundamentalistas que faziam apologia a violência ou a ataques contra comunidades específicas.

Sem riscos de novos ataques

O Ministério do Interior do país explicou o motivo das operações serem feitas neste momento. De acordo com o órgão, não é possível que nenhum risco possa ocorrer após os massacres que acontecem no mês de março em Montauban e Toulouse. Os ataques foram feito por Mohamed Merah em nome da Al Qaeda. O jovem foi morto no dia 22 de março pela polícia francesa.

Outra operação, realizada na sexta-feira (30), prendeu 17 pessoas, sendo que 13 delas foram apresentadas para a Justiça com a acusação de terrorismo. Segundo investigadores, integrantes da organização islamita Forsane Alizza estavam preparando ataques violentos no país.