Publicado em: sexta-feira, 28/10/2011

Detran SP – Pessoas esperam até quatro horas na fila

Os donos de veículos estão tendo que enfrentar filas que duram até quatro horas no posto do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), na Avenida do Estado, em São Paulo. A causa da enorme fila foi a greve dos Correios, que durou de 14 de setembro a 12 de outubro, que atrasaram na entrega das multas. Assim, existe pouco tempo para transferir a autuação.

Na quinta-feira, dia 27 de outubro, pela manhã, havia mais de 100 pessoas esperando na fila da transferência. Somente um funcionário em um guichê prestava o serviço a população que aguardava. O proprietário de um veículo tem até 15 dias para mandar a indicação de quem estava com o carro na data em que foi feita a multa.

Porém, com as autuações chegando com atraso devido à grave, o prazo acabou e diversos motoristas tiveram que ir pessoalmente até o Detran. Camila Rodrigues, de 23 anos, disse que agora os motoristas enfrentam dois trânsitos: um para chegar até o posto do Detran e o outro para conseguirem chegar até o guichê. Camila chegou ao Detran às 8h e foi atendida somente às 11h30.

Outro motorista que estava irritado com a situação era Geraldo Teixeira, de 27 anos. Ele afirma que perdeu um dia no trabalho por causa da grande fila. O A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) disse que o prazo para a indicação do motorista foi prorrogado para multas emitidas entre os dias 26 de agosto e 12 de outubro. Os donos dos veículos têm até 1º de novembro para pedirem a transferência da autuação.