Publicado em: sexta-feira, 22/10/2010

Designer agredido com taco de beisebol morre em SP

Henrique de Carvalho Pereira, de 22 anos, designer agredido com um taco de beisebol em frente a uma livraria em São Paulo, morreu na madrugada de sexta-feira (22), após ficar internado por mais de dez meses.

Henrique se encontrava na UTI do Hospital das Clínicas, e seu estado de saúde havia piorado muito nos últimos dias. Na sexta-feira, o jovem acabou morrendo, por falência múltipla dos órgãos, e desde que havia sido internado, o designer permaneceu em estado grave, e inconsciente.

O designer deu entrada no Hospital no dia 21 de dezembro de 2009, após receber golpes de taco de beisebol na cabeça. Henrique estava sentado, em frente a uma livraria, com um livro em mãos, quando foi atacado pelo agressor, que agiu sem aparentes motivos.

O personal trainer Alessandro Fernando Aleixo, de 38, identificado como agressor, foi preso e levado para um Centro de Detenção Provisória em Pinheiros. Em agosto, ele foi transferido para um Manicômio Judiciário.