Publicado em: sexta-feira, 17/02/2012

Desemprego tem o menor nível para janeiro desde 2003

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), um estudo realizado nas seis principais regiões metropolitanas do Brasil aponta que a taxa de desemprego ficou em 5,5% em janeiro de 2012. É o menor índice de desemprego para o mês desde o inicio da série em março de 2002.

A soma da população desocupada chegou a 1,3 milhão de pessoas, o que corresponde a um aumento de 15,9% em relação ao mês de dezembro. Entretanto, em uma comparação anual com janeiro de 2011, verificou-se que a taxa diminuiu 7,7%. Já a população ocupada foi registrada em 22,5 milhões de pessoas, em uma queda de 1,0% na comparação mensal e um aumento de 2,0% em relação a janeiro passado.

O índice de trabalhadores com carteira assinada no setor privado foi de 11,1 milhões, que comparado com janeiro de 2011, aumentou em 6,3% no número de vagas formais. Isso representa um adicional de 664 mil postos de trabalho com carteira assinada.

O rendimento médio dos trabalhadores também subiu em comparação a dezembro nas cidades de Recife (7,3%), Salvador (3,0%), Belo Horizonte (1,7%) e Porto Alegre (4,0%). Já no Rio de Janeiro o salário caiu (-1,6%) e em São Paulo se manteve estável.

As maiores variações de desemprego na análise regional aconteceram em Recife (de 4,7% para 5,7%), Belo Horizonte (de 3,8% para 4,5%), Rio de Janeiro (de 4,9% para 5,6%), São Paulo (de 4,7% para 5,5%) e Porto Alegre (de 3,1% para 3,9%). Os números cairam em Salvador (-2,4 pontos percentuais), em Recife (-1,4 ponto percentual) e em Belo Horizonte (-0,8 ponto percentual) e registrou estabilidade nas demais.