Publicado em: sábado, 02/06/2012

Desemprego nos EUA aumenta pela primeira vez no ano

Os Estados Unidos registraram em maio o primeiro aumento na taxa de desemprego no ano de 2012. De acordo com o Departamento de Trabalho, o desemprego no país atingiu a marca de 8,2%. Esses números serviram para se somar a outros indicadores que mostram o pessimismo da economia mundial divulgados nesta sexta-feira (1).

Maio teve o menor número de criação de vagas dos últimos 12 meses. Nesse mês, foram criados apenas 69 mil novos postos de trabalho. A previsão dos economistas era de 150 mil, com uma taxa de desemprego de 8,1%. De acordo com o Departamento de Trabalho, foram abertas 77 mil vagas no mês anterior.

Em maio, o setor privado criou 82 mil postos de trabalho. Porém, o setor público diminuiu em 13 mil o seu número de vagas. O motivo para essa redução é o corte de gastos nas administrações reginais.

Além disso, o boletim divulgado pelo órgão norte-americano trouxe outra notícia negativa para o setor. O número deo desempregados de longa direção, aqueles que ficam sem emprego por 27 semanas ou mais, também cresceu. O número, que estava em 5,1 milhões, subiu para 5,4 milhões, o que representa 42,8% dos desempregados em todo o país.