Publicado em: quinta-feira, 27/03/2014

Desemprego avança, mas ainda registra melhor marca para o período nos últimos 13 anos

Desemprego avança, mas ainda registra melhor marca para o período nos últimos 13 anosDados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam um crescimento no desemprego no Brasil no último mês de fevereiro. A pesquisa foi divulgada nesta quinta-feira (27), e apresenta elevação de 5,1% no período, 0,3 ponto percentual a mais que o índice de janeiro, que ficou em 4,8%. Apesar da elevação, essa é a menor taxa de desempregados para o mês na sequencia histórica, que começou em 2002.

Ainda segundo o IBGE, o mês de fevereiro de 2013 tivera registro de 5,6% de elevação na desocupação. Neste ano, a população sem emprego chegou a 1,2 milhão de pessoas, alta de 6,9% em relação ao mês anterior, mas 8,3% inferior ao registrado em fevereiro do ano passado. Por outro lado, a população ocupada chegou a 23 milhões, e manteve os índices equilibrados, tanto na comparação mensal quanto na anual.

O total de empregados com carteira assinada no mercado de trabalho atingiu 11,7 milhões no setor privado, ficando também estável em relação a janeiro deste ano e fevereiro de 2013. Quando foram analisadas as regiões, os piores índices foram identificados na região metropolitana de Salvador, com 9% de desemprego. Já a região de Porto Alegre teve o melhor resultado, de apenas 3,3%.

Rendimentos em alta

Foram registradas altas no salário médio dos ocupados, na faixa de 0,8% em relação a janeiro. Em valores reais, o ganho médio ficou em R$ 2.015,60. Já na comparação com fevereiro de 2013, o aumento foi superior a 3%. Os principais aumentos foram nas regiões metropolitanas de Salvador, com 10,4% de alta, de Belo Horizonte, com variação positiva de 0,5%, e na região do Rio de Janeiro, também com 0,5%. A única queda foi identificada em Porto Alegre, que teve variação negativa de 1,3%. Todas as regiões tiveram alta na comparação com o mesmo período do ano anterior.