Publicado em: quarta-feira, 21/12/2011

Desativação completa de Fukushima deve levar 40 anos

Foi informada nesta quarta-feira (21) pelo governo japonês que pode levar cerca de 40 anos para que seja limpa e desativada completamente a usina nuclear de Fukushima, que foi atingida pelo tsunami em março. Goshi Hosono, Ministro para Crises Nucleares, afirmou que o projeto de desativação de três reatores da usina é bastante ambicioso.

Em coletiva de imprensa ele declarou: “Mas nós precisamos fazer isso mesmo que enfrentemos dificuldades ao longo do caminho”. A operadora da usina irá começar a retirar as barras de combustível dentro do período de dois a três anos. Depois disso, a operadora irá remover o combustível derretido.

Este processo deve começar em 10 anos, só sendo concluído em 25. As condições e a localização do combustível derretido são desconhecidas. Yukio Edano, Minsitro do Comércio prometeu que as autoridades manterão a segurança da usina. “Não podemos permitir que o trabalho para a desativação cause novos riscos ou adie o retorno dos moradores para suas casas”.

O processo de desativação irá exigir o desenvolvimento de robôs e de tecnologia que permitam a realização dos trabalhos de forma remota, pois os níveis de radiação dentro do prédio são muito altos. A descontaminação dos prédios que abriga os reatores deve iniciar em 2014.