Publicado em: quarta-feira, 26/09/2012

Deputado pede que Filme Ted, comédia norte-americana, saia dos cinemas brasileiros

Deputado pede que Filme Ted, comédia norte-americana, saia dos cinemas brasileirosNesta terça-feira, dia 25 de setembro, o deputado Protógenes Queiroz, do PC do B paulista, declarou que vai pedir aos Ministérios da Cultura e da Justiça que interrompam as exibições da comédia norte-americana Ted, que estreou na última sexta-feira no Brasil.

Embora a classificação indicativa do filme seja de 16 anos, Protógenes assistiu à comédia com seu filho Juan, que tem 11 anos. Em seguida, Protógenes mostrou toda sua indignação com Ted no Twitter, onde tentou emplacar a hashtag #forafilmeTED.

Os comentários de Protógenes se tornaram um dos assuntos mais comentados da rede social no brasil, especialmente no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília. A mioria dos internautas se posicionou contra as declarações do deputado.

Críticas

Em sua série de posts contra o filme, Protógenes criticou os Ministérios da Cultura e da Justiça por terem permitido a exibição do filme nos cinemas do país. Mesmo a classificação indicativa, de 16 anos, foi considerada pouco pelo deputado, que afirmou que a comédia não deveria ser liberada para nenhuma faixa etária.

De acordo com o deputado, que também atua como delegado da Polícia Federal, Ted estimula comportamentos negativos, como o consumo de álcool, e dá a entender que pessoas que não estudam e não trabalham são felizes. Algumas pessoas, em especial pais de adolescentes, apoiaram Protógenes no Twitter.

Sobre o filme

A comédia Ted conta a história de um urso de pelúcia e seu dono, desde a infância até a vida adulta. Com Mark Wahlberg e Mila Kunis nos papéis principais, a comédia é dirigida por Seth MacFarlane, mais conhecido como o criador do desenho animado Family Guy, famoso por seu humor ácido.

Este é o primeiro filme da carreira de Seth MacFarlane. Apesar das críticas de Protógenes, Ted tem sido bem recebido pela crítica especializada, que tem feito elogios ao humor politicamente incorreto da comédia.