Publicado em: sábado, 07/07/2012

Depois de assinar acordos com a China, Raúl Castro chega ao Vietnã

Na manhã deste sábado (7), o presidente cubado, Raúl Castro, desembarcou no Vietnã. Sua chegada aconteceu depois de quatro dias em que esteve na China. A agência de notícias oficial “Xinhua” informou que o líder de Cuba assinou acordos importantes na China, dentre eles o de cooperação financeira. Além disso, ele esteve com líder e sucessores.

A visita de Raúl Castro como presidente a China terminou com a assinatura de oito acordos bilaterais com relação ao auxílio técnico e financeiro a seu país. De acordo com alguns especialistas, esta visita serviu para estreitar a relação entre Havana e Pequim, sendo que este é um dos principais parceiros comerciais de Cuba, ficando atrás somente da Venezuela.

Dependência econômica

Os observadores também acreditam que a viagem busca uma alternativa para que Cuba consiga decretar sua independência financeira do país de Hugo Chávez, fazendo da China uma alternativa para esta conquista. Raúl Castro deu início a sua agente na última quinta-feira, quando teve um encontro com o presidente chinês, Hu Jintao, e com Wu Bangguo, presidente da Assembleia Nacional Popular. Além desta reunião, ele também esteve com o primeiro-ministro da China, Wen Jabao, com o vice-primeiro-ministro, Li Keqiang, e com o vice-presidente, Xi Jinping.

O presidente cubano, de 81 anos, agora começa sua visita no Vietnã para assinar mais acordos de cooperação. O Vietna é o maior exportador de arroz para Cuba, sendo este alimento uma das bases para a alimentação dos moradores da ilha de Raúl Castro.