Publicado em: terça-feira, 26/02/2013

Departamento de Estado está emocionado com resultado do Oscar

Departamento de Estado está emocionado com resultado do OscarO departamento de Estado norte-americano gostou mesmo foi da premiação do filme “Argo”, no Oscar. A história do longa-metragem é baseada em fatos reais sobre o enfrentamento diplomático. Recentemente, diplomatas vieram a óbito no sangrento ataque a uma missão na Líbia. O thriller de Ben Affleck ganhou destaque com o Oscar de Melhor filme.

“Argo” diz sobre uma operação da CIA para retirar seis diplomatas norte-americanos do Irã. O episódio aconteceu, no momento da crise dos reféns, no ano de 1979. Naquela época, estudantes islâmicos tomaram a embaixada dos Estados Unidos em Teerã e mantiveram 52 reféns durante 444 dias. O departamento de Estado autorizou ainda a equipe de produção do filme gravar cenas no edifício principal em Washington.

Bem Affleck também é produtor e protagonista do filme. Houve críticas negativas de iranianos em relação ao Oscar dizendo que era um prêmio puramente de cunho político. “Argo” também ficou com a estatueta de Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Edição e Montagem.

O porta-voz do departamento de Estado rebateu dizendo que a premiação foi decidida pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. A emissora estatal iraniana também acusou Ben Affleck de se especializar no exagero, na desproporção e na criação de cenas falsas.