Publicado em: terça-feira, 21/05/2013

Débora Falabella e Murilo Benício apresentam Gala dos Globos, em Portugal

Débora Falabella e Murilo Benício apresentam Gala dos Globos, em PortugalDébora Falabella e Murilo Benício estão com moral. O casal apresentou no último domingo (19) a festa do XVIII Gala dos Globos de Ouro, no Coliseu dos Recreios, em Portugal. Protagonistas da novela “Avenida Brasil” como Nina e Tufão, eles sentiram a popularidade dos personagens entre os lusitanos quando subiram ao palco sob aplausos animados de todo o público presente.
Antes da cerimônia, os dois participaram de uma entrevista coletiva, em Lisboa.
De acordo com o site português “Hadmusica”, o casal estava bem descontraído e na ocasião falaram sobre a viagem para Portugal, o trabalho e também sobre o namoro.
Murilo Benício contou que eles alugaram um carro para poder passear e visitar os lugares mais afastadores de Lisboa. Ele revelou também que o casal já havia passado por Belém, ouvido o Fado e também tinha passeado em Sintra, um distrito da região de Lisboa.
Mais contida, Débora Falabella aproveitou para agradecer o carinho do público português, afinal, eles já consideram “Avenida Brasil” um sucesso por lá.
Ela comentou que o público os reconhece nas ruas e sempre os tratam com um carinho inexplicável, que faz com que eles se sintam em casa.
Ao falar da novela, Murilo lembrou que no Brasil, “Avenida Brasil” foi um dos maiores sucessos televisivos dos últimos dez anos.
Quando o assunto cheio no namoro, os dois foram mais reservados. Questionados se eles iriam aproveitar a viagem profissional para namorar, Murilo respondeu que para namorar eles tinha levado os pais de Débora junto, e arrancou gargalhadas dos jornalistas.
Pouco depois, o ator resolveu abrir o jogo e revelou para os portugueses que o seu interesse por Débora surgiu na novela “O Clone”, em 2002, mas só no final das gravações de “Avenida Brasil” eles começaram um relacionamento sério.
O casal afirmou que está muito bem, mas que não planejam um casamento.
A atriz afirmou que não é um papel que vai determinar o que eles sentem um pelo outro.