Publicado em: sábado, 10/05/2014

Datena se revolta e diz que não será político porque “não tem estomago”

Datena se revolta e diz que não será político porque não tem estomagoEm tom de total revolta após ver as imagens de idosos que estão em situações péssimas em um hospital de São Paulo, o apresentador da Banda, José Luiz Datena afirmou na tarde desta sexta-feira (9), que “nunca será político por não ter estômago”. “É por isso que não quero e nunca serei político. Porque não tenho estômago. Eu teria vergonha por ver um problema e não conseguir resolver”, disparou o âncora do “Brasil Urgente”, da Band. “Isso é inaceitável, é uma falta de ética desgraçada. Jogar o povo nas condições dessas. Se eu fosse político, pegaria o meu boné, de qualquer partido que seja, e iria embora”, diz furioso com a situação.

Após essa declaração, o apresentador coloca um fim nos boatos que andavam na mídia sobre uma possível carreira política. No ano de 2011 sem identificar o partido, notícias se espelharam na internet de que Datena teria recebido convite para concorrer à Prefeitura de São Paulo, nas Eleições de 2012, entretanto, essas notícias veiculadas nunca foram confirmadas oficialmente pelo apresentador e por isso foram esquecidas.

Apresentador com credibilidade

Em 2010, por meio de um levantamento feito pelo Datafolha, o âncora do “Brasil Urgente” apareceu como a 13ª personalidade de maior credibilidade junto à população brasileira. Ele só ficou atrás de comunicadores como William Bonner, da Globo, e Silvio Santos, do SBT, mas à frente da presidente Dilma Rousseff. O instituto atendeu 1.258 pessoas entre os dias 14 e 18 de dezembro daquele ano.

Datena é famoso por suas declarações polemicas, contudo, como comunicador e influenciador de opiniões, procura saber muito bem sobre o assunto que irá abordar. No caso da política, o apresentador tem mostrado a realidade do que tem acontecido, ciente das represálias, mantem sua opinião no programa.