Publicado em: segunda-feira, 16/02/2015

Dana White brinca sobre colocar Ronda para lutar com homens no octógono

A primeira divisão feminina da história do UFC teve início em 2012, quando presidente Dana White garantiu ter lutadoras de alto nível para desafiar a grande campeã, Ronda Rousey pela sequência de dois anos. Esse período foi completado em fevereiro desse ano e agora Ronda vai enfrentar o maior desafio de sua carreira, um combate contra a invicta Cat Zingano. A luta será a principal da noite do UFC 184, que acontece no dia 28 de fevereiro. Essa será a quinta ocasião consecutiva em que Ronda defende seu cinturão, tendo conseguido dominar as outras quatro primeiras oponentes sem muita dificuldade. Por isso, o dirigente já começa a se preocupar com o futuro dela dentro da competição.

Dana White chegou a brincar em uma entrevista que teria que começar a colocar Ronda para lutar contra homens, caso ela consiga derrotar Cat Zingano sem dificuldade, atropelando a adversária como ela fez nos outros embates. O presidente do UFC é conhecido já por seus exageros e esse caso não é diferente. Isso porque a companhia ainda conta com algumas boas opções para enfrentar Rousey caso ela realmente venha vencer Zingano com facilidade. Entre as principais oponentes está uma brasileira, Cris Cyborg. Há anos, a imprensa vem destacando as desavenças dela com a atual campeã, já que as duas se conhecem desde o extinto Strikeforce.Dana White brinca sobre colocar Ronda para lutar com homens no octógono

Na véspera do UFC 184, Cyrborg estará no Invicta FC defendendo o cinturão dos pesos penas contra Charmaine Tweet. Boatos dos bastidores indicam que como ela também estará em Los Angeles, ela pode comparecer à luta de Zingano e Rousey, para formalizar um desafio à sua rival. Também existe outra boa combatente para Rousey, que é a ex-pugilista Holly Holm. Ela vem invicta em sete combates de MMA e vai estrear no UFC 184 em um coevento principal, enfrentando Raquel Pennington no octógono.

Apesar das avaliações, Dana White já admitiu que a luta com Zingano será um dos maiores desafios que Ronda vai enfrentar em sua carreira. Ronda vem sendo uma lutadora invicta há nove lutas de MMA. Depois de passar mais de um ano afastada em decorrência de um problema no joelho, Rousey ainda conseguiu vencer a brasileira Amanda Nunes por nocaute técnico em setembro.