Publicado em: quinta-feira, 17/11/2011

Dagoberto vê influência de Juvenal em escalação

O atacante Dagoberto afirmou que acredita que o presidente do São Paulo, Juvenal Juvência, tenha influenciado no fato do atacante ter permanecido no banco de reservas durante a partida contra o Atlético-PR, na última quarta-feira (16).

Na opinião do jogador, o mandatário tricolor influenciou a escalação da equipe porque Juvenal Juvêncio ‘nunca quis’ que Dagoberto jogasse contra seu ex-clube, sob a justificativa de ‘não causar mais problemas’, já que a saída do atacante do Atlético-PR foi tumultuada.

O jogador afirmou que conversou como técnico antes da partida contra o Atlético-PR, e disse que estava a disposição do treinador, que ainda assim optou em não escalar em nenhum momento durante a derrota por 1 a 0 na Arena da Baixada.

Com relação ao próximo compromisso do São Paulo, diante o América-MG, no sábado (19), Dagoberto afirmou que não sabe se irá jogar, se limitando a dizer que ‘é funcionário do clube’. O atacante tem seu contrato com o time paulista se encerrando em abril do ano ano que vem, e já adiantou que não irá permanecer no clube.