Publicado em: quinta-feira, 13/10/2011

Dagoberto se desentende com presidente do São Paulo

Após o empate sem gols com o Internacional, na última quarta-feira (12), o São Paulo viu eclodir uma crise entre seu presidente, Juvenal Juvêncio, e o atacante Dagoberto, juntamente com o agente do atleta, Marcos Malaquias.

Insatisfeito no clube do Morumbi, alegando que não é devidamente valorizado, Dagoberto foi alvo de críticas por parte de Juvêncio. O mandatário do São Paulo afirmou que o jogador está pedindo um aumento salarial maior do que ele mereceria, e que Marcos Malaquias visa apenas o dinheiro.

O agente, por sua vez, do atacante rebateu em seu Twitter, alegando que Juvenal Juvêncio não deu a devida atenção à renovação do contrato, e estaria se preocupando com o assunto ‘tarde demais’. Dagoberto afirmou que em nenhum momento foi procurado pelo presidente do São Paulo para negociar sua renovação.

Artilheiro do tricolor na temporada, Dagoberto já adiantou que não irá ficar no São Paulo. Seu contrato encerra em abril de 2012, e seus prováveis destinos podem ser o Internacional, ou alguma equipe do futebol europeu. Palmeiras, e Santos, correm por for a para contar com o jogador.