Publicado em: terça-feira, 28/01/2014

Dados pessoais do Angry Birds são descobertos por espiões britânicos e americanos

Dados pessoais do Angry Birds são descobertos Segundo relatório, agências especializadas em espionagem, principalmente as britânicas e americanas, buscam todos os dias através do jogo Angry Birds e de outros aplicativos conseguir acesso aos dados pessoais dos usuários.

A partir das aplicações móveis, as informações de sites visitados, contatos e localização estão na lista dos dados mais acessados, é o que relata um documento da Agência de Segurança Nacional (NSA), vazado por Edward Snowden.

Em defesa, a NSA afirmou que não se interessa pelos dados dos usuários, a não ser por aqueles que são os “alvos de inteligência estrangeiros válidos”. Ainda na nota, a NSA afirmou que não é verdade que a agência está focada nos smartphones e nas comunicações do dia a dia das mídias sociais usadas pelos americanos.

Pepita de Ouro

Segundo um relatório apresentado pelos veículos “ProPublica”, “Guardian” e “New York Times”, mostra que a Agência e a GCHQ da Grã Bretanha estão trabalhando em conjunto desde 2007 com o objetivo de criar novas maneiras para ter acesso a informações a partir de aplicativos de celulares e tablets. Ainda não se sabe a quantidade de dados coletados.

Porém, o que aponta o relatório é que as informações são obtidas por meio de uma variedade de aplicativos de redes sociais e jogos e mapeamento, usando técnicas parecidas com as utilizadas para interceptar os dados de mensagens de texto e o tráfego de internet móvel.

Além disso, os documentos também mostram que essas agências estão mais convencidas que é importante fazer aplicações de dados móveis nesta coleta de inteligência.

De acordo com um documento de 2008 da agência britânica, qualquer pessoa que usar o Google Maps em um smartphone estará automaticamente trabalhando para o sistema da GCHQ.

Em 2012, em outro relatório da GCHQ, mostra como obter os dados dos usuários do Angry Birds que usam o jogo em aparelhos telefônicos com sistema Android. Em todo o mundo, o game foi baixado 1,7 bilhão de vezes.

Sobre os assuntos de inteligência a agência de espionagem britânica disse que não irá comentar sobre o assunto, mas afirmou que todas as atividades que foram feitas por eles eram autorizadas, proporcionais e autorizadas.