Publicado em: terça-feira, 10/07/2012

Dado Dolabella é inocentado de processo por agressão

Nesta segunda-feira, dia 9, a 1ª Vara de Violência Doméstica do Rio de Janeiro divulgou decisão onde absolve o ator e cantor Dado Dolabella de acusações de agressão. Quem o acusava era a sua ex-esposa Viviane Sarahyba. Ela alegava que Dado teria agredido no final do ano de 2010.

Quem ganhou a causa foi o advogado Marco Aurélio Assef, que explicou que o Ministério Público entendeu que a história de Viviane era pura fantasia, e que ela inventou tudo a fim de melhorar sua situação no processo de separação.

Quando se separaram, Dado declarou que não agrediu a ex-mulher e que ela simplesmente ela foi até a sua casa para que o filho do casal pudesse ficar o dia ao lado do pai, só que ela ficou incomodada ao ver que o outro filho de Dado, Eduardo, estava no local e afirmou que iria embora.

Dado explicou que para conter a ex-mulher apenas a segurou pelo braço e pediu que ela permitisse que ele ficasse com o filho João Valentim. O ator explica que jamais levantou a mão para a esposa.

Vale lembrar que Dado respondeu a outros processos por agressão. Como foi o caso envolvendo a camareira Esmeralda de Souza Honório, que foi empurrada por Dado e acabou se machucando. Isso aconteceu no ano de 2008, quando ele discutia com a então noiva, a atriz Luana Piovani. Ainda no dia 25 deste mês ele terá audiência de conciliação sobre o caso, na 11ª Vara Cível do Rio com a juíza Lindalva Soares Silva.

Recentemente a mãe de Eduardo, Fabiana Vasconcellos denunciou novamente o ator, dizendo que ele agrediu o próprio filho no dia 30 de junho. Já no dia 1º de abril ela prestou queixa contra Dado na 16ª Delegacia de Polícia da Barra da Tijuca. Segundo a mãe do garoto, Dado teria batido na cabeça do filho e dito que ele é um “débil mental”, depois que o menino de dois anos mordeu o braço do irmão, que tem a mesma idade.