Publicado em: sábado, 03/09/2011

Curto-circuito no Paraná deixa 10 estados sem energia

Na sexta-feira (02) um curto-circuito no reator da linha de transmissão de 765KV, que faz o ligamento entre Foz do Iguaçu a Ivaiporã comprometeu o fornecimento de 5,7 mil megawatts para a parte de cobertura brasileira da usina. A falta de fornecimento de energia obrigou o Operador Nacional de Sistema Elétrico (ONS) a fazer um corte seletivo e planejado, que afetou diversas regiões do país. Entre elas a região Sul, Sudeste, e também os estados do Acre, Mato Grosso e Rondônia, cerca de 10 estados foram atingidos.

A Usina Elétrica Itaipu Binacional informou que não houve qualquer problema na geração de energia na hidrelétrica. A ONS disse ainda que foi preciso acionar o Esquema Regional de Alívio de Carga (Erac), a aplicação foi feita pelos próprios distribuidores em cada estado que foi atingido pelo curto-circuito.

Com essa ação, a falta de energia não foi sentida nos grandes centros, e também não chegou a comprometer a unidade federativa por completo. Usando os cortes corretos, foi possível evitar um blecaute maior, que foi calculado em mais de 3 mil megawatts, que serviram para equilibrar a relação de carga e consumo.

A ONS ainda disse que os cortes de energia duraram menos de meia hora, o curto-circuito aconteceu por volta das 16h43 e o sistema foi restabelecido as 17h11. O Sistema Interligado Paraguaio não foi afetado pelo problema nas linhas brasileiras. O maior apagão que houve no Brasil deixou sem energia elétrica 18 estados na noite do dia 10 de novembro de 2009.