Publicado em: segunda-feira, 15/08/2011

Cuba realiza comemorações em homenagem ao aniversário de 85 anos de Fidel Castro

O ex-líder comunista, Fidel Castro, que assumia a posição de secretário-geral do Partido Comunista até se afastar em 2006 por motivos de saúde, completou nesse sábado 85 anos. Apesar de não estar mais no comando político do país, Fidel ainda é o símbolo da liderança comunista da ilha de Cuba. Em sua homenagem, artistas realizaram atividades culturais para lembrar também os 48 anos em que Fidel ficou no poder.

No momento em que Fidel entregou o poder do país a seu irmão, Raúl Castro, o então líder político estava enfrentando problemas de saúde intestinais. A abdicação do poder aconteceu em julho de 2006, sendo que muitos acreditavam que FIdel não fosse aguentar por muito mais tempo. Cinegrafista pessoal de Fidel, Roberto Chile preparou uma série fotográfica de Fidel antes e depois dos problemas de saúde. Sobre as comemorações, Chile escreveu “Fidel completa 85 anos. Quem ia imaginar que faz apenas cinco anos, até os mais otimistas chegaram a pensar que seu corpo não resistiria à emboscada do destino, e que já não voltaríamos a vê-lo.”

Por conta da sua idade avançada e os motivos de saúde que o fizeram renunciar do último cargo político que teve, Fidel fica cada mais mais recluso em sua residência no oeste de Havana.

O líder comunista se dedica agora a escrever sobre a sua revolução, artigos para a imprensa, mensagens, e recebe visitantes. Quando Fidel assumiu o poder de Cuba, em 1959, quem estava no comando do país era o então ditador Fulgencio Batista.