Publicado em: sábado, 07/01/2012

Cruzeiro diz que não libera Montillo por menos de 15 milhões de euros

O presidente do Cruzeiro, Gilvan Tavares, voltou a afirmar que não está disposto a liberar o meia argentino Montillo, por uma quantia que não seja menos de 15 milhões de euros. O mandatário cruzeirense ainda revelou que tem planos para aumentar os salários do jogador.

Tavares afirmou que a direção do Cruzeiro estuda elaborar um plano para explorar a imagem do craque argentino, e com isso bancar um aumento nos ganhos do jogador. O dirigente disse que pretende buscar empresas parceiras para investir na imagem de Montillo.

O presidente do clube mineiro, no entanto, rejeito a ideia de dar um aumento salarial ao jogador, afirmando que o meia já recebeu um reajuste recentemente. Gilvan Tavares disse que está disposto a se reunir como jogador para discutir o seu futuro.

Montillo concedeu uma entrevista coletiva na sexta-feira (06) e afirmou que não gostaria de deixar o Cruzeiro, mas teria de levar em consideração a proposta do Corinthians, que segundo ele, seria ‘muito boa’ e que teria que pensar no futuro de sua família.