Publicado em: quarta-feira, 17/08/2011

Crise não irá afetar Brasil, diz ministro do Trabalho

Para o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, a crise internacional não deve chegar ao mercado de trabalho do país. Ele acredita que o período de instabilidade internacional é apenas especulativo.

“A crise não vai ter impacto no Brasil. Acredito que o que tinha que acontecer já aconteceu. Essa crise é de especulação. Tem alguns fatos reais, mas muito é especulação”, disse Lupi.

De acordo com o ministro, o Brasil se encontra em uma situação econômica muito melhor do que a que foi encontrada em anos anteriores e esta seria a justificativa para que a crise não chegue ao país de forma intensa e afete diretamente os brasileiros.

“O pivô da crise é os Estados Unidos. O poder de consumo do americano está diminuindo. [Os americanos] tem que tomar algumas medidas para incentivar o consumo. É um comportamento completamente diferente da realidade brasileira”, afirmou Lupi.

Na opinião de Lupi, o maior problema do país é a forte concorrência com os produtos que estão sendo importados, entretanto, com o plano “Brasil Maior” (que estimula a indústria) o Brasil terá auxilio para competir os produtos vindos do exterior. “O grande problema do Brasil hoje é a concorrência dos importados. Com essas ultimas atitudes do governo, acho que isso começou a se reverter. Em agosto vai ter um respaldo disso, mas em setembro e outubro vai começar a ver as ações do governo”, apontou o ministro.