Publicado em: segunda-feira, 12/09/2011

Crise ainda não afetou número de pedidos de falência no Brasil

Apesar da crescente desconfiança dos investidores, a nova crise economia mundial não chegou a fazer com que o numero de pedidos de falência das empresas brasileiras tenha aumentado.

Nos últimos meses, os índices econômicos vem apresentado diversos resultados que apontam a um crescimento menor do que o esperado para a economia brasileira. Porém, as empresas instaladas no país continuam a ver um mercado favorável causado pelo aquecimento de diversos setores.

De acordo com os dados da Boa Vista Serviços, liberados neste domingo (11), o número de pedidos de falência no Brasil teve a queda de 23,7% em agosto, quando comparado ao mesmo período em 2010. O dado confirma o sentimento de aquecimento considerado o cenário turbulento que foi vivido no mês passado devido ao rebaixamento da nota da dívida dos Estados Unidos.

“As medidas restritivas, que já haviam atingido a inadimplência de consumidores e empresas e não se refletiram nos pedidos de falências do primeiro semestre, têm tido pouco efeito sobre os indicadores atuais”, diz o relatório da Boa Vista.

Em comparação ao mês de junho, os peidos também sofreram a queda, desta vem em 8,3%. Neste ano, o índice está 3% menor em relação ao ano passado.