Publicado em: terça-feira, 02/08/2011

Criminosos que invadiram prédio no Centro do RJ ainda estão foragidos

Até agora os agentes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) não conseguiram localizar os criminosos que invadiram um prédio comercial na manhã do ultimo domingo (31) na Rua do Passeio no centro do Rio de Janeiro. Eles estavam armados de armas de fogo, barras de ferro e facas e durante a invasão três funcionários do prédio foram feitos de reféns.

O prédio de número 70 foi invadido por dez assaltantes por volta das 7 horas da manhã de domingo durante a troca de turno dos vigias. Luciana Fernandes, que trabalha numa operadora de call center, foi uma das reféns, ao perceber uma movimentação suspeita no edifício através das câmeras de monitoramento ela que chamou a policia e também avisou o pai que é militar.

Ela e um vigia foram rendidos pelos assaltantes, para negociar uma possível fuga ou rendição. Neste período Luciana teve por vários momentos uma arma apontada para a cabeça, durante uma distração dos criminosos ela foi deixada sozinha e conseguiu fugir pelo terraço do edifício, que tem comunicação com prédios vizinhos.

Durante a ação os criminosos arrombaram a porta do escritório da empresa MK Turismo, que ficava no oitavo andar e conseguiram roubar o dinheiro de três cofres, no entanto apenas um dos cofres foi arrombado e os demais foram abertos com uma chave-segredo. O BOPE ainda vasculhou o prédio utilizando cães farejadores com a intenção de encontrar os assaltantes, mas ninguém foi localizado e o prédio foi interditado pela policia, durante as buscas e logo depois a rua foi liberada.