Publicado em: quinta-feira, 29/05/2014

Criador do aplicativo ZapZap diz que não teme processo de WhatsApp

Criador do aplicativo ZapZap diz que não teme processo de WhatsAppO paraense Erick Costa desenvolveu um aplicativo de mensagens instantâneas que muito se parece com o já conhecido WhatsApp e diz que não se preocupa com processos que possam ocorrer por parte do WhatsApp, já que o aplicativo que foi comprado pelo Facebook, deu entrada no nome recentemente, ele diz que por seu aplicativo ser algo novo ele não tem preocupações em relação a esse assunto.

De acordo com Erick o aplicativo já conta com 63 mil downloads, desses, 20 mil usuários estão ativados no aplicativo, porém Erick ainda não recebe nenhum valor por seu aplicativo, o ZapZap está disponibilizado somente para sistema Android e é gratuito.

A criação do aplicativo é feita através do aplicativo Telegram, que possuí códigos abertos e através dessa maneira é possível que os desenvolvedores de aplicativos possam alterar as linhagens de programação e portanto criem softwares de acordo com aquilo que necessitam, através deste recurso Erick de um ar brasileiro ao seu aplicativo.

O logo do ZapZap é de uma bandeira Brasileira e seu plano de fundo contém a imagem do escudo da Confederação Brasileira de Futebol, o aplicativo tem seu modo de funcionar similar ao do WhatsApp, já que para funcionar o procedimento a ser seguido é o mesmo, através da inserção de um código que é mandado via mensagem o aplicativo já fica pronto para utilização, a partir daí basta que o usuário busque contatos em sua lista que já possuam o ZapZap.

O aplicativo Brasileiro porém permite que, mesmo que a pessoa esteja sem seu smartphone ou tablet para utilização, que este possa receber e enviar mensagens através de um computador, no WhatsApp isso não é permitido, os usuários do ZapZap só precisam acessar a página do aplicativo na internet e poderão iniciar conversações com seus contatos.

Outra diferença é que o ZapZap conta com a opção de as pessoas conversarem por meio de chat secreto, cabe a pessoa apenas a determinação sobre o tempo que a mensagem deve ser armazenada que pode ser definida em segundos, minutos, horas ou até mesmo dias.

Algo que pode desencantar os usuários é o fato de o aplicativo ainda ser pouco aderido e portanto muitos contatos que o usuário tem, podem ainda não serem inscritos no ZapZap.