Publicado em: quinta-feira, 13/03/2014

CQC terá arma contra ação de seguranças de políticos contra repórteres

CQC terá arma contra ação de seguranças de políticos contra repórteresO programa da Band CQC já elaborou uma estratégia para conseguir se defender dos ataques da equipe de seguranças dos políticos, principalmente em ano de eleições. O apresentador Marcelo Tas falou sobre a novidade durante um encontro com a imprensa nesta semana, apresentando quais serão as novidades do programa para este ano. O encontro aconteceu em São Paulo. Ele revelou que os repórteres do CQC já enfrentaram situações em que os seguranças os atacaram, apertando seus testículos e também colocando dedos no anus.

Apesar de afirmar que a tática dos seguranças é difícil de ser registrada, Tas conta que eles tem alguns materiais que registraram o momento, mas que a ação é muito rápida. Mas o apresentador do programa garantiu que ao longo de 2014, principalmente com as eleições, o esquema seria diferente, porque eles já estarão preparadas esperando pelo pior. A equipe estará em cenas externas contando com mais câmeras para registrar qualquer ataque, lembrando nunca nenhum político foi agredido durante as entrevistas.

Outras novidades anunciadas por Marcelo Tas para o CQC dão contam de novos quadros e uma nova repórter que entra para substituir Mônica Iozzi. A jornalista está encerrando seu contrato com a Rede Globo do interior de São Paulo para assumir o posto. Marcelo tas ainda comemorou que ela tem um perfil de se aproveitar de sua beleza e que isso será muito positivo para o programa. Além das novidades, Tas ainda revelou aos jornalistas que está realizando um projeto paralelo com o canal de desenhos Cartoon Network.

Ele deve comandar um talk show com desenhos animados produzidos para o canal. O programa já tem nome, “Papo Animado com Marcelo Tas”, e começará a ser gravado em maio, nos Estados Unidos. No Brasil, a estreia está prevista para o próximo semestre deste ano. Ele contou também que este talk show será apenas um de muitos outros projetos autorais, mas que a maioria permanecerá na gaveta enquanto ele continuar como âncora do CQC.